Serviços


Serviços de Psicologia e Orientação

AEP-Agrupamento-de-escolas-de-pombal_spo

Os Serviços de Psicologia e Orientação (SPO) são unidades especializadas de apoio educativo, que asseguram o acompanhamento do aluno, individualmente ou em grupo, ao longo do processo educativo. Desenvolvem a sua ação nos domínios do apoio psicopedagógico a alunos e professores, do apoio ao desenvolvimento do sistema de relações interpessoais no interior da escola e entre esta e a comunidade escolar e na orientação escolar e profissional.

Localização e contactos

Os serviços são constituídos por uma psicóloga que assume o horário relativo aos SPO em dois espaços físicos, o gabinete de psicologia da Escola Secundária e o gabinete de psicologia da Escola Marquês de Pombal, segundo o horário afixado na porta dos referidos gabinetes, assim como na portaria dos dois estabelecimentos de ensino.

– Nome da psicóloga: Maria Adelaide Cordeiro Lourenço Mendes

– E-mail: adelaide.mendes@aepombal.edu.pt

– Telefone:236 209210/209211

 

Serviço Prestado

Apoio ao desenvolvimento do sistema de relações interpessoais na comunidade escolar Serviço prestado

  • Colaboração/articulação com as diferentes estruturas (Direção, Departamentos, Educação Especial, Setor da saúde, CQEP, GAAF e outros)
  • Colaboração em projetos com entidades externas
  • Visitas de estudo
  • Sessões de informação

Apoio psicopedagógico a alunos e professores

  • Avaliação/acompanhamento psicopedagógico aos alunos
  • Atendimento a encarregados de educação
  • Atendimento a professores e participação nos conselhos de turma
  • Articulação com a educação especial e outros técnicos

Orientação escolar e profissional

  • Desenvolvimento de programas de orientação vocacional
  • Feiras/espaços de informação vocacional
  • Sessões de informação
  • Visitas de estudo

Gabinete de Apoio à Saúde

Os Serviços de Apoio à Saúde são serviços especializados de apoio às atividades de educação para a saúde e educação sexual. Dispõem do gabinete de informação e Apoio ao aluno (espaço escolar onde os jovens podem esclarecer as suas dúvidas, num ambiente de confidencialidade, e ser apoiados ou encaminhados, em caso de necessidade).

Objetivos

  • Promover a saúde da população escolar.
  • Promover as boas práticas alimentares e o exercício físico adequado, como forma de prevenir a emergência de doenças do comportamento alimentar;
  • Desenvolver nos alunos atitudes de autoestima, respeito mútuo e socialização responsável;
  • Prevenir comportamentos potencialmente lesivos da saúde;
  • Adquirir conhecimentos e desenvolver competências que ajudem na identificação de problemas e tomada de decisão, mantendo opções pró-sociais saudáveis;
  • Difundir boas práticas de crescimento nos adolescentes;
  • Reconhecer a sexualidade como forma de crescimento;
  • Promover o diálogo, em ambiente livre e consciente, sobre temas da adolescência.
  • Dotar os jovens de competências que lhes permitam escolhas informadas e seguras no campo da sexualidade.

Quem pode recorrer a este serviço?
Alunos e encarregados de educação. Os atendimentos de alunos podem ser solicitados pelos próprios, pelos seus encarregados de educação, docentes, diretores de turma e órgão de Administração e Gestão.

 

Projeto Metis
Ferramenta interessante no trabalho com os estudantes dos vários ciclos de ensino, ao nível de aquisição própria de conhecimentos, mas também como base de apoio para trabalhos na área da saúde.
+ Informações

Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família

AEP-Agrupamento-de-escolas-de-pombal_gaaf

O Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família (G.A.A.F) é um Projeto de Mediação Escolar / Social que funciona na Escola como um serviço de apoio, com o principal objetivo de ajudar os jovens na procura da resolução dos seus problemas quotidianos e estabelecer estratégias de intervenção e de combate à exclusão social dos alunos e das suas famílias. O G.A.A.F. apoia ainda professores, funcionários, rede interna da escola e comunidade, desenvolvendo um trabalho conjunto com todos.

O que faz?

  • Acompanhamento individualizado e em grupo, aos alunos
  • Atendimento ao aluno, ao encarregado de educação/família;
  • Informações e apoio à família;
  • Encaminhamento para entidades de apoio social e técnico-profissional;
  • Visitas domiciliárias;
  • Trabalho concertado com diretores de turma, professores, assistentes operacionais e serviços internos e externos;
  • Promove e desenvolve ações de sensibilização;
  • Promove e desenvolve atividades lúdico – pedagógicas.

Que objetivos tem?

  • Prevenir, diminuir e sinalizar situações de risco e respetivo encaminhamento;
  • Apoiar as famílias e os alunos nas suas problemáticas assim como estabelecer estratégias de intervenção e de combate à exclusão social dos mesmos;
  • Prevenir o absentismo e o abandono escolar;
  • Promover a inter relação entre os diversos intervenientes: família, escola, comunidade, como agentes participantes no processo de desenvolvimento sócio-educativo;
  • Promover a participação ativa dos pais e encarregados de educação na vida escolar do aluno.

Parcerias

IAC, Câmara Municipal de Pombal, Centro de Saúde de Pombal, APEPI

Educação Especial

A Educação Especial do Agrupamento de Escolas de Pombal desenvolve o seu trabalho com crianças do pré-escolar, do primeiro, segundo e terceiro ciclos e do ensino secundário. Promove, também, o desenvolvimento de competências em crianças com limitações mais severas que se encontram inseridas na Unidade de Apoio à Multideficiência.

As Nossas Valências

A Unidade de Apoio Especializado para a Educação de Alunos com Multideficiência e Surdocegueira Congénita funciona nas instalações da EB2/3 Marquês de Pombal, é frequentada por cinco alunos e conta com o apoio de três docentes e de duas funcionárias em horários alternados, de modo a manter um funcionamento permanente deste espaço.

Na Escola Secundária de Pombal funciona uma sala de apoio para alunos que tenham no seu PEI a medida educativa “Currículo Específico Individual”, onde são desenvolvidas competências específicas e atividades de caráter funcional.

Estes alunos têm também no seu currículo uma vez por semana, Natação Adaptada.

Os alunos que frequentam os Jardins-de-infância e Escolas do Primeiro Ciclo deste Agrupamento, estão integrados em contexto de sala de aula com os respetivos pares, tendo o apoio do professor de Educação Especial integrado na dinâmica da sala de aula, excetuando os casos que, pela sua especificidade, requerem um apoio individualizado.

Os alunos cuja problemática preveja apoio no âmbito de terapias, usufruem dessa resposta, estando esta contemplada nos seus horários, uma vez por semana.

Técnicos Especializados do CRI-CERCIPOM:

  • Centro Hospitalar Leiria-Pombal/ Centro de Saúde (Consulta de Desenvolvimento);
  • Câmara Municipal de Pombal – através de protocolos para implementação dos PIT e da cedência das instalações da Piscina Municipal);
  • Empresas locais para implementação dos PIT;
  • Psivalor (Responsável Dr.ª Andreia Azevedo);
  • Caminhos, Centro de Desenvolvimento Humano e Consulta Psicológica (Responsável Dr.ª Teresa Mendes);
  • CRTIC (Agrupamento de Escolas Gualdim Pais, Pombal).
  • ACAPO
  • CAIP/DV

Resultados

Ao integrar a Educação Especial, os alunos beneficiam de medidas educativas ajustadas ao seu perfil de funcionalidade com o objetivo de:

  • Minorar as dificuldades de aprendizagem;
  • Promover o sucesso educativo;
  • Favorecer a integração social e relacional;
  • Promover uma melhor organização em sala de aula.

Parcerias

O grupo colabora e articula com os diferentes intervenientes educativos e estabelece contatos e parcerias com entidades da comunidade, tendo em vista a promoção das potencialidades e a melhoria das aprendizagens dos alunos, bem como a eficácia dos serviços prestados.

INTERNAS

  • Serviços de Psicologia e Orientação (SPO) e o GAAF;
  • Diretor de Turma/ Docente Titular de Turma/ Educador de Infância;
  • Docentes do Agrupamento;
  • Famílias dos alunos com Necessidades Educativas Especiais.

EXTERNAS

É também promovida a parceria com outras entidades externas que acompanham os alunos com necessidades educativas especiais, nomeadamente:

CERCIPOM – através da cedência de recursos humanos e materiais (Terapias e Sala Snozzlen) e de protocolos para implementação dos PIT;

 

Intervenção Precoce

O Agrupamento de Escolas de Pombal é o agrupamento de referência para a Intervenção Precoce na Infância nos concelhos de Pombal, Ansião e Alvaiázere.

Intervenção Precoce na Infância o que é?
O Sistema Nacional de Intervenção Precoce na Infância (SNIPI), criado pelo Decreto-Lei n.º 281/2009, visa assegurar precocemente a inclusão social de crianças com ou em risco grave de apresentar alterações nas estruturas ou funções do corpo. Garante um “conjunto de medidas de apoio integrado centrado na criança e na família, incluindo ações de natureza preventiva e reabilitativa, designadamente no âmbito da educação, saúde e da ação social”. Baseado em parcerias institucionais, desenvolve a sua ação localmente através de equipas multidisciplinares com metodologia transdisciplinar.

O SNIPI – Destinatários
O SNIPI “Abrange as crianças entre os 0 e os 6 anos, com alterações nas funções ou estruturas do corpo que limitam a participação nas atividades típicas para a respetiva idade e contexto social ou com risco grave de atraso de desenvolvimento, bem como as suas famílias” que se enquadrem nos critérios de elegibilidade definidos, independentemente do contexto em que estão inseridas: domicílios, creches, amas ou outro tipo de estrutura socio educativa da rede pública, privada ou IPSS.

Intervir Precocemente… porquê?
Porque a infância, sobretudo a primeira infância, é o período de maior oportunidade para o desenvolvimento mas também de maior risco, dado que a sua influência estende-se ao longo de todo o ciclo de vida (Shonkoff, 2010). As alterações morfológicas e neuroquímicas cerebrais decorrentes de fatores de risco biológico e/ou ambiental podem ser atenuadas, ou até mesmo reversíveis, graças à plasticidade cerebral e ao delineamento de estratégias de intervenção ajustadas, em sintonia como o ambiente familiar, físico e social da criança.

Intervenção centrada na criança e nos contextos… para quê?
Numa perspetiva sistémica e ecológica do desenvolvimento humano, a intervenção articulada entre técnicos de diferentes serviços é desenvolvida em estreita parceria com a família visando a sua capacitação. Para além de recursos técnicos e especializados mobilizados diretamente para a criança, os apoios incluem aconselhamento, informação e orientação aos pais para estimular a criança no seu ambiente natural, enquadrando a ação na rotina diária. A IP promove a descoberta de forças intrafamiliares muitas vezes omissas ou subvalorizadas; a identificação de preocupações, necessidades e objetivos respeitando as suas prioridades; e orienta na seleção de serviços e recursos, formais e informais, da comunidade. A dinamização de oportunidades de aprendizagem em contextos de vida diária fortalece as capacidades parentais e promovem novas competências na criança e na família.

A ELI – Equipa Local de Intervenção de Pombal, Ansião e Alvaiázere
A equipa integra 4 educadoras de infância afetas a este Agrupamento de Escolas, enquadradas no grupo de Educação Especial e no Departamento de Expressões, 3 enfermeiras do Ministério da Saúde, 1 psicóloga, 1 terapeuta da fala e 1 técnica de serviço social do Ministério da Segurança Social. A ELI, com sede no Centro de Saúde de Pombal, é coordenada por uma enfermeira da Unidade de Cuidados na Comunidade.

Como recorrer a este serviço
Através do preenchimento de um Formulário de Referenciação do SNIPI. Pode ser efetuado por qualquer individuo ou entidade (profissionais de saúde; serviços sociais; escolas; IPSS; famílias, etc.) e entregue presencialmente ou enviado por correio normal/eletrónico ou fax, à sede da ELI.

Contactos

Morada: ELI Pombal, Ansião e Alvaiázere
ACES Pinhal Litoral
Av. Heróis do Ultramar, apartado 94
3100 – 462 Pombal
Telefone: 236 200 970
Fax: 236 100 139
Email: elipombal@sapo.pt
Informações e Documentos: SNIPI

Brochura
Ficha de referenciação