Exposição “Expressões…”, de João Carvalho, na BE Marquês de Pombal


Irá estar patente ao público escolar, na biblioteca da EB Marquês de Pombal, a exposição “Expressões…” do aluno do 1.º TAL, João Carvalho.

Acreditando que esta inciativa possa despoletar o gosto estético, o sentido crítico e a criatividade de outros colegas, o autor apresenta sobretudo uma amostra de quatro temáticas, na modalidade de desenho a carvão: “Anjos”, “Natureza”, “Laboratório” e “Olhos”.

A exposição decorrerá até ao próximo dia 08 de julho, convidando-se todos os interessados a visitarem o trabalho do artista.

Os serviços da biblioteca escolar M. de Pombal endereçam ao João os devidos agradecimentos pela sua simpatia, generosidade e disponibilidade.

JS

Métodos de estudo… para quem não gosta de estudar


No seguimento das orientações, emitidas pela Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares, acerca da organização do ano letivo de 2020/2021, o nosso Agrupamento procedeu à elaboração de um plano de acompanhamento destinado aos alunos que apresentaram maiores dificuldades de aprendizagem ao longo do ano letivo de 2019/2020.

Assim, foi desenvolvido um trabalho de acompanhamento destes cerca de 40 alunos pelos seus professores tutores. As sessões semanais permitiram apoiar e orientar estes alunos com maiores dificuldades.

Dois alunos do sétimo ano mostraram vontade em partilhar, com todos os alunos do Agrupamento, um dos aspetos que foi desenvolvido com a sua professora tutora, a saber as metodologias de estudo.

Uma vez que as TIC são um elemento dominante da vida dos nossos jovens, a professora tutora motivou-os a criarem um vídeo sobre um dos temas desenvolvidos ao longo do ano. Criaram os textos, fizeram a montagem e, embora não tivesse ficado perfeito, mostra a criatividade e capacidade de trabalho dos nossos alunos, quando se sentem motivados.

Fica assim o registo do trabalho destes dois alunos, Dinis Silva do 7ºB e Tomás Gonçalves do 7ºH, que esperam chegar a todos os alunos que não gostam de estudar.

Professora Carla Silva

Olimpíadas da Biologia e Olimpíadas da Geologia


À semelhança dos anos transatos e, apesar de todas as contingências impostas pela pandemia, o grupo 520 proporcionou aos alunos do secundário e do 9.º ano, a possibilidade de testarem os seus conhecimentos relativos a temas de iologia e de geologia. Assim, realizaram-se, na Escola Secundária, as Olimpíadas Portuguesas da Biologia Sénior, para alunos inscritos em Ciências e Tecnologia do secundário, e as Olimpíadas Portuguesas da Biologia Júnior, para alunos do 9.º ano e as Olimpíadas da Geologia, para alunos do 11.º ano.
Em relação as Olimpíadas da Biologia Sénior, a primeira eliminatória, inicialmente prevista para finais de janeiro, realizou-se no dia vinte e oito de abril e contou com a participação de oito alunos, uma aluna do 11.º A e sete alunos do 11.º C. Desses oito participantes, ficaram apuradas para a segunda eliminatória, que se realizou no dia dezanove de maio. as alunas, número catorze, do 11.º A, Maria Isabel dos Santos Gonçalves, e dezassete, do 11.º C, Joana Nunes Barros. A aluna Maria Isabel dos Santos Gonçalves obteve um excelente resultado na prova, tendo ficado classificada entre os onze melhores alunos do 11.º ano a nível nacional. Parabéns à Maria por ter representado tão bem a nossa escola.Ler mais…

A mensagem do 9.º I para o mundo 


No âmbito do DAC, os alunos do 9.º I elaboraram um trabalho que reflete as suas preocupações relativamente aos acontecimentos mundiais e às próximas gerações.

Pretendemos, através desta divulgação, sensibilizar a comunidade escolar para que tenhamos um futuro melhor na sociedade.

Por este motivo, divulgamos as nossas ideias neste jornal, basta clicar.

read.bookcreator.com/jYCcXExP7pcaCBQwtXwhzJBqTSw1/DRXdNDFwTpWXdJmiCsYYfg

Projeto de Cidadania: “Um afeto solidário”


No passado dia 11 de junho, a turma 12E1+E2 terminou o seu projeto de voluntariado “Um afeto solidário”, realizado no âmbito da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento.

O projeto consubstanciou-se em duas fases: a primeira, realizada no Natal, com a recolha de brinquedos e a segunda, ao longo do 3º período, com a recolha de roupas para ofertar aos meninos(as) do Centro de Acolhimento Temporário Infantil de Pombal “A Magia dos Afetos”.

O Diretor de Turma, Professor Rui Varandas

A arte e a tecnologia também “desconfinaram”


Na passada semana, a docente de Física e Química, Marta Sá, e o professor Bibliotecário, João Silvano, conversaram e apresentaram aos alunos do 1.º TEAC artistas locais (pintores, escultores e fotógrafos) guiando-os, depois, pela exposição “Desconfinar”, patente na Galeria do Teatro-Cine de Pombal e no jardim do Cardal. A atividade teve, ainda, o apoio da Dr. Susana Cantante, uma das responsáveis pela instalação dos trabalhos. Na exposição, para além de pintura e fotografia, encontram-se, ainda, instalações sobre o tema das tecnologias e o impacto destas no confinamento/desconfinamento daí, também, a pertinência desta iniciativa sobre a arte para os alunos do curso de “Técnico/a de Eletrónica, Automação e Computadores.”

MS