Assembleia-Geral de Pais e Encarregados de Educação (AGPEE) – Convocatória


Convocatória

Assembleia-Geral de Pais e Encarregados de Educação (AGPEE)

Escola Secundária de Pombal (Ginásio)

6 de outubro de 2021, 18h30

 

Arlindo Martins Araújo, presidente do Conselho Geral do Agrupamento de Escolas de Pombal, nos termos do n.º 3 do art.º 14 do Decreto-Lei n.º 137/2012, de 2 de julho, vem convocar a Assembleia-Geral de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas de Pombal, a realizar no dia 6 de outubro de 2021, pelas 18h30 no Auditório da Escola Secundária de Pombal (Ginásio), com a seguinte Ordem de Trabalhos:

  • Ponto 1: Esclarecimentos acerca do Processo Eleitoral de representantes dos Pais e Encarregados de Educação para o Conselho Geral;
  • Ponto 2: Eleição da Mesa da Assembleia-Geral de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas de Pombal;
  • Ponto 3: Eleição dos Representantes no Conselho Geral do Agrupamento de Escolas de Pombal.

Esta e futuras convocatórias serão publicitadas nos locais de estilo das Escolas do Agrupamento de Escolas de Pombal, no sítio da internet do Agrupamento e será entregue por correio eletrónico aos encarregados de educação.

Os cadernos eleitorais podem ser consultados em cada um dos edifícios escolares do agrupamento e na escola sede.

 

Pombal, 05 de setembro de 2021

Arlindo Martins Araújo

Presidente do Conselho Geral


Anexo:

Uma ação na praia do Osso da Baleia


No dia 1 de julho de 2021, os alunos do 5.º A da Escola Básica Marquês de Pombal, em articulação com o Clube da Ciência Viva e da Escola Azul e em conjunto com alguns alunos conselheiros do Programa Eco-Escolas e o seu responsável, professor Mário Ferreira, participaram na visita de estudo à Praia do Osso da Baleia, no âmbito da 31.ª CAMPANHA COASTWATCH 2020/2021 – “Um Mar de Oportunidades”, do Grupo GEOTA. No âmbito da flexibilidade curricular, para a realização desta atividade de educação e sensibilização ambiental estiveram envolvidas as disciplinas de Ciências Naturais, Matemática e Cidadania e Desenvolvimento. Para a sua concretização contámos, mais uma vez, com a colaboração da Engenheira Catarina Soares e da Assistente Técnica, Telma Monteiro, pertencentes à Unidade de Ambiente do Município de Pombal, o qual assegurou o transporte, que muito agradecemos.

A atividade desenrolou-se ao longo de 500 m, a partir da Praia do Osso da Baleia. no sentido sul, durante a maré baixa, na qual os participantes, organizados em grupos, preencheram um questionário para a caracterização da praia. Os objetivos desta ação foram observar e identificar os seres vivos, os tipos de substratos, a morfologia da zona costeira, os resíduos, a poluição e as principais ameaças e riscos naturais e/ou antrópicos. Durante o percurso realizado, os alunos foram sendo sensibilizados para a importância de uma praia limpa, acolhedora, e para a preservação da biodiversidade existente. A Engenheira Catarina Soares realizou uma ação de sensibilização relativa às plantas dunares, suas adaptações ao meio ambiente de acordo com os fatores abióticos que as rodeiam.Ler mais…

Rolhas que dão folhas


Os docentes do Grupo 230 da Escola Básica Marquês de Pombal aderiram, mais uma vez, ao projeto Green Cork – recolha de rolhas de cortiça para reciclagem, dinamizado pela Quercus. Este projeto não se limita a recolher rolhas apenas com o objetivo da reflorestação, mas vai mais longe, pois “pretende contribuir para a construção duma comunidade ativa, responsável e em sintonia com o meio ambiente”. Assim, e, de acordo com o Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, são também objetivos do Green Cork, preservar o sobreiro e a floresta autóctone; sensibilizar para a escolha da cortiça como material natural e ecológico; contribuir para a redução de resíduos envolvendo a comunidade escolar; estimular atitudes mais conscientes e responsáveis relativamente à natureza.

O projeto continua a ser um sucesso a nível nacional, uma vez que, até à data, foram recolhidas 91 004 000 rolhas e plantadas 1 075 688 árvores.

No ano letivo 2018/2019, superámos qualquer recolha efetuada anteriormente, tendo alcançado o 7.º lugar, no grupo 2.º e 3.º ciclos, com um rácio de 0,141 kg de rolhas/aluno. No passado ano letivo, devido ao início da pandemia, não foi realizada a entrega das rolhas recolhidas, contudo, este ano, conseguimos entregar 25 caixas.

Os docentes e alunos envolvidos agradecem a participação de todos os que se envolveram nesta atividade, nomeadamente a comunidade educativa, o Centro de Atividades de Tempos Livres e os restaurantes Amigos da Velha Caroca, A Lúria (Tomar), Manjar do Marquês, O Tirol, Taberna À Cautela, Tó Nela, Variante e Vintage.

Desejamos que, no próximo ano letivo, outros parceiros se juntem a esta iniciativa, podendo as rolhas ser entregues na portaria da Escola Básica Marquês de Pombal ou da Escola Secundária, pois tencionamos dar continuidade a esta ação, a bem da casa de todos que é o Planeta Terra.

Nota: Se pretender saber um pouco mais sobre este projeto consulte no site deste projeto:

Vídeos – Green Cork – Projeto de Reciclagem de Rolhas de Cortiça

P´lo Grupo 230

A professora responsável, Fátima Pessa

Alunos do 1.º TAL e 2.º TAL/TEAC participam em concurso com Arte e Ciência


Alunos dos 1.º TAL e 2.º TAL/TEAC participaram, com ARTE e CIÊNCIA, no concurso das Fundações Alfredo da Silva e Amélia de Mello, conquistando o 8.º lugar na categoria de desenho/escultura e o 17.º na categoria de vídeo.

Para comemorar os 150 anos do nascimento de Alfredo da Silva, as Fundações Alfredo da Silva e Amélia de Mello promoveram um concurso nacional destinado às escolas.  Respondendo ao desafio, sob a orientação dos docentes João Silvano (professor bibliotecário) e Marta Sá (professora de Física e Química e de Qualidade, Segurança e Ambiente), os alunos das turmas 1.º TAL e 2.º TAL/TEAC trabalharam sobre a biografia do empresário Alfredo da Silva, tendo como principais focos o espírito empreendedor e inovador do referido industrial e, ainda, o conhecimento e visão necessários para a construção de um império industrial.

Entre os trabalhos produzidos, os docentes selecionaram dois para representarem o Agrupamento no referido concurso: o desenho do aluno João Carvalho (1.º TAL) e o vídeo dos alunos Pedro Neves (2.º TEAC), Maria Silva e Joel Oliveira (ambos do 2.º TAL).

Conhecidos, agora, os resultados do concurso, é com orgulho que se anuncia à comunidade que, na categoria de “desenho ou escultura”, num universo de 75 trabalhos que passaram à fase final, o desenho do João Carvalho “Alfredo da Silva: Percursos de um Visionário” classificou-se em 8.º lugar e, no conjunto de 42 vídeos selecionados para a avaliação final, o vídeo “Alfredo da Silva: Percursos de um Visionário” do Pedro Neves, da Maria Silva e do Joel Oliveira ficou em 17.º lugar.

Assim, a par do privilégio da representação do nosso Agrupamento, os resultados muito honram a comunidade e todos aqueles que trabalharam neste projeto. As maiores felicitações aos alunos que, uma vez mais, aliaram, com sucesso, a arte à ciência.

Vídeo:

MS e JS

Intervenção Precoce na Infância (IPI)


O Agrupamento de Escolas de Pombal é o agrupamento de referência para a Intervenção Precoce na Infância (IPI) nos concelhos de Pombal, Ansião e Alvaiázere.

A IPI consiste na prestação de serviços dirigidos à criança e à família, com o objetivo de minimizar o mais possível os efeitos dos fatores de risco ou da incapacidade no desenvolvimento da criança.

Os docentes especializados para o serviço de IPI integram uma equipa multidisciplinar, garantindo às crianças e suas famílias um conjunto de medidas de apoio na área da educação, saúde e ação social. A ação dos docentes visa assegurar às crianças experiências e oportunidades de aprendizagem nos seus contextos naturais que promovam competências e as capacitem a participar de forma significativa nas tarefas diárias, possibilitando o seu máximo desenvolvimento.

“A evidência mostra que intervir precocemente de forma adequada reduz os efeitos das incapacidades e previne o impacto negativo associados ao risco ambiental, estabelece as bases e o curso da aprendizagem e desenvolvimento ao longo da vida, desenvolve e fortalece competências parentais, promove e reforça o bem-estar dos pais e a qualidade de vida da família, capacitando-os a tomar decisões informadas e aumentando o seu sentimento de competência e confiança.” José Boavida Fernandes, in boletim de Saúde Infantil, abril de 2021.

De acordo com o manual de “Boas Práticas” a intervenção em IPI deverá obedecer aos princípios básicos expressos na imagem.

A equipa responsável

A turma A do 12.º ano produziu vídeo no âmbito do Projeto “Basta e Já!”


A turma A do 12.º ano desenvolveu, no âmbito da Educação para a Cidadania e Desenvolvimento, um projeto que teve como principal objetivo a prevenção e o combate à violência no namoro, prevenindo e erradicando as várias manifestações de violência, numa promoção de uma cultura de não violência, de direitos humanos e de igualdade de género.

Para o efeito estabeleceu uma parceria com a APEPI (Associação de Pais e Educadores para a Infância), tendo como objetivo a participação no Projeto “Basta e Já!” destinado a promover a inclusão e combater a pobreza – a violência.

Nesse sentido, a turma produziu e realizou um vídeo, no quadro de um projeto/concurso de intervenção em rede, no que toca à Igualdade de Género, com destaque para a violência no namoro e discriminação sexual.

Refira-se, ainda, a participação direta dos alunos na atividade do Projeto BASTA e JÁ!, que se realizou no dia dois de junho, entre as dezanove horas e as vinte e uma horas, no Mini-Auditório do Teatro-Cine de Pombal, ações promovidas pela APEPI/Projeto BASTA e JÁ! em parceria com o Município de Pombal e dinamizadas por Sandra Benfica – Movimento Democrático de Mulheres e Projeto Para Além do Amor.

A sessão sobre Igualdade de Género abriu com o visionamento do vídeo realizado pela turma, cujo link disponibilizamos.

O docente, Sérgio Alves