Sons e Sabores da Multiculturalidade


No dia 12 de novembro, a Escola Secundária teve uma noite diferente com “átrio cheio”: várias gerações, vários países, muitas culturas e tradições com sons e sabores diversos. Tantas foram as sinergias que convergiram para um momento alto de celebração do fado, numa atividade conjunta do Centro Qualifica e da Biblioteca Escolar, em cumprimento dos objetivos do  Ler+Qualifica e “EnCanta-me” do Movimento 14-20 aLer.

Registaram-se interpretações pela Universidade Sénior, seguiu-se o teste de conhecimentos sobre este património imaterial da humanidade, através do “Jogo do Milionário. Foi a vez de avô e neto fadistas revelarem talentos, antes de outras vozes de alunos do AEP ecoarem.

Após desafios e vivas emoções, o esperado momento do aconchego pelo paladar instalou-se, graças às iguarias de várias nacionalidades capazes de reunir à volta da mesma mesa os nativos e todos os que aprendem agora a nossa língua e já se aventuram a cantar algumas estrofes de fado.

Assim se compõem  canções, novos dias e novos percursos de vida.

F. Gomes

Aniversário da biblioteca EB Pombal, com Celina Lopes


No dia 8 de novembro, a biblioteca da EB de Pombal celebrou o seu 2º aniversário.

Para comemorar o evento, a escola convidou a escritora Celina Lopes. Esta enfermeira, natural de Leiria já publicou romances para adultos ( “Vieste ver-me antes da morte” e “Tudo pela minha mãe”), mas foi na qualidade de autora do livro infantil “Mãe, vou devolver o mano” que  esteve presente na nossa biblioteca.

A autora dinamizou duas sessões, uma para o pré-escolar e outra para o 1º CEB, onde falou do processo criativo e da forma como a sua experiência se reflete nas suas histórias. Os alunos puderam ouvir o reconto da obra “Mãe, vou devolver o mano”, uma narrativa divertida que conta a história de Francisco, um menino que quer devolver o seu irmão recém-nascido e assim recuperar a atenção dos pais.

Uma história a não perder!

 

Helena Reis

Outubro: Mês Internacional da Biblioteca Escolar


O tema para o International School Library Month (ISLM) em 2019 é “Let’s Imagine”.

São múltiplas as atividades que constam da agenda do Agrupamento.
Deixamos algumas sugestões e destacamos:
– A elaboração e troca de marcadores subordinada a temas enquadrados na Educação para os Valores;
– O encontro com a autora Florbela Oliveira,
Vamos imaginar!
E, vamos concretizar!
F.Gomes

Setembro contou com… “coisas bonitas” na Biblioteca


Sons e imagens que nos trazem alguns do momentos realizados na Biblioteca Escolar, durante o mês de setembro.

Clique sobre o filme e deixem-se levar pelas “coisas bonitas” …

(Re)vejam as atividades do DEL (Dia Europeu das Línguas), o envolvimento de alunos do Centro Qualifica, na sessão de escrita criativa em torno de anagramas, trava línguas e a surpresa da criação de histórias singulares com o próprio nome, no âmbito do SMAL (Setembro Mês da Alfabetização e das Literacias). E, em parceria com a Área Disciplinar de Filosofia, a Democracia e a Cidadania, através do Jogo da Glória, foram mote de abertura deste novo ano letivo.

 

Junte-se a nós na criação de mais “atividades bonitas” que se avizinham|

F.Gomes

“Plasticologia Marinha” nas bibliotecas do Agrupamento


Entre os dia 28 de maio  e 7 de julho, as bibliotecas escolares do Agrupamento receberam a iniciativa “Plasticologia Marinha”.

“Plasticologia” é um termo que provém do grego plastikos («plástico») e logos («estudo»), ou seja, é a ciência que estuda os plásticos: o caminho que percorrem no oceano e a sua interação e impacto, no planeta e no Homem.

Estas oficinas, dinamizadas pelo Oceanário de Lisboa, pretenderam sensibilizar para o impacto dos plásticos nos organismos e ecossistemas marinhos. Recorrendo a  atividades hands-on, ferramentas criativas e meios audiovisuais, procurou-se  dar conselhos práticos e sustentáveis que promovam a alteração de comportamentos e a procura de alternativas mais sustentáveis e amigas do ambiente. Desta forma é mais fácil minimizar e  mudar o rumo deste flagelo de plástico.

Relembramos que, atualmente, o problema dos plásticos no oceano pesa cerca de oito milhões de toneladas por ano. Apesar do plástico ter uma grande variedade de utilizações, é importante alertar para o seu uso descontrolado e para o impacto no planeta. Mais do que tudo, é urgente mudar a nossa relação com este material.

Helena Reis

 

 

Cientificamente Provável aconteceu na EStEsC


Visita Estudo ESTeSC

ESTeSC – visita de estudo

No âmbito do Programa Cientificamente Provável, promovido pela Rede de Bibliotecas, os alunos do 10ºB, acompanhados pelas professora Marta Sá e Fernanda Gomes, participaram numa visita de estudo à ESTeSC (Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra) para assistir à interessantíssima palestra sobre Cidadania em Saúde, proferida pelo Dr. Rui Cruz, e beneficiar de Divulgação Científica .

Amavelmente recebidos e acompanhados pela Dr.ª Anabela Henriques, Bibliotecária desta instituição, e pela Dr.ª Sandra Ferreira, tivemos ainda a honra de contar com os preciosos esclarecimentos do Dr. Hélder Santos sobre a especificidade de cada curso e respetivas saídas profissionais. Mais do que a apresentação dos diferentes espaços, onde são ministradas as aulas, e a explicação da finalidade/utilidade dos múltiplos equipamentos, facultou-nos, sempre que possível, a oportunidade de experiências práticas, sob a orientação quer de professores, quer de alunos, de quem destacamos o excelente profissionalismo.

Assim, todos tiveram a possibilidade de visitar  laboratórios, salas específicas de trabalho e de dialogar com investigadores, professores e alunos da ESTeSC, aprofundando conhecimentos, satisfazendo alguma curiosidade e até pondo em prática noções veiculadas sobre Cidadania, porque, depois de definir o conceito, de todos observarmos que temos uma noção do que engloba, vimos que nem sempre adotamos as tais “atitudes simples (que) movem o mundo”. Atitudes essas que nos foram efetivamente apresentadas por todos quantos nos acolheram, a “empatia” foi exemplar.

Para certos alunos, tratou-se, talvez, do seu primeiro contacto com a sua profissão de futuro: da audiologia, à biomedicina, farmácia, radiologia, dietética e nutrição, fisiologia clínica, fisioterapia saúde ambiental, entre outras… o leque é vasto e as saídas profissionais múltiplas.

E, porque tal vivência só foi possível graças à união de esforços quer dos nossos parceiros em rede, quer do setor da Educação, cumpre-nos um especial agradecimento ao Município de Pombal por nos facultar meios para que tal acontecesse.

Fernanda Gomes

(Coord.ª PB do AEP)