Festival Infantojuvenil de teatro


Nos dias 23 e 24 de maio o clube de teatro da escola Marquês de Pombal participou no Festival Infantojuvenil de teatro promovido pela Câmara Municipal de Pombal.

Os alunos  participaram com muito empenho e responsabilidade. Estão de parabéns.

A coordenadora do clube de teatro,

Hermínia Marques

Semana Aberta – Agrupamento de Escolas de Pombal


O Agrupamento de Escolas de Pombal dinamizou mais uma semana aberta, que decorreu na Escola Secundária de Pombal e na Escola Básica Marquês de Pombal, de 2 a 5 de maio, tendo em vista promover a sua oferta formativa e dar a conhecer as boas práticas educativas desta organização.

As atividades envolveram toda a comunidade educativa, integrando alunos do pré-escolar, 1º,2º e 3º ciclos e secundário. Durante quatro dias, houve mostra de trabalhos, dinamização de ateliers, atividades experimentais, apresentações, pequenos espetáculos, palestras e fóruns.

No dia aberto foram recebidos alunos de outras escolas circundantes e efetuaram-se visitas guiadas aos diferentes espaços educativos da Escola Secundária de Pombal. Os visitantes percorreram os laboratórios, onde decorreram atividades experimentais, a área tecnológica, as oficinas, a área de informática e o clube de robótica, onde se apresentaram projetos e trabalhos desenvolvidos pelos alunos dos cursos profissionais, as salas das artes e a área das línguas, onde puderam experimentar o espírito e ambiente dos respetivos países. Foi também disponibilizado um espaço de partilha com profissionais de diversas áreas, com o objetivo de dar aos alunos a possibilidade de escolherem a melhor opção no seu percurso formativo.

A comunidade foi ainda presenteada com o fórum empresarial em torno do tema: “Industria4.0” que teve como oradores o Engenheiro Mira Amaral administrador da SPI,  a Drª Conceição Carvalho secretária técnica do Centro 2020 e do Dr. Rui  Pedrosa, vice-presidente do Instituto Politécnico de Leiria. Os presentes puderam colher um vasto conjunto de informação que pela sua atualidade muito pode contribuir para o desenvolvimento dos seus projetos e compreensão do mundo atual.

Esta semana configurou o vasto leque de experiências e percursos de aprendizagem que no seio deste agrupamento se desenvolvem, envolvendo todos os seus atores que, de forma disponível e prazenteira dinamizaram e mostraram as suas melhores práticas, em prol da formação e satisfação plena dos seus alunos.

Fernanda Duarte

Workshop de Intervenção Precoce na Infância


No passado dia 17 de março, o auditório da Escola Secundária de Pombal voltou a encher-se de pais e técnicos das áreas da educação, da saúde e do serviço social para a dinamização de mais um Workshop promovido pela equipa local de intervenção precoce (ELI).

Porque a educação da criança começa com os pais e porque as rotinas da primeira infância alicerçam aprendizagens para a vida, a ELI convidou a Dra. Arlete Crisóstomo, pediatra de desenvolvimento, para falar sobre “comer, dormir, brincar e embirrar…”.

Com um discurso claro e objetivo, ilustrado com exemplos concretos, captou a atenção dos presentes e transmitiu alguns princípios básicos para uma parentalidade positiva. No final da apresentação, pautado pela sua boa disposição da palestrante, houve ainda espaço para questões e esclarecimento de dúvidas.

A ELI agradece à Dr.ª Arlete Crisóstomo, à direção do Agrupamento de Escolas de Pombal e a todos os que estiveram presentes, permitindo que esta atividade se concretizasse.

O grupo da ELI

Viagem de estudo à Terceira


Também ela erguida peça a peça, com pedaços que, provindos das profundezas, se acumularam num aparente caos que tentamos interpretar, a Terceira guarda memória de um parto violento nas cicatrizes do seu corpo de ilha vulcânica. Cicatrizes antigas (Graben das Lages, Serra do Cume, Caldeira do Guilherme Moniz…), recentes (Monte Brasil, Ilhéus das Cabras, Algar do Carvão…) e muito recentes (Mistério Negro e Biscoitos), permitem sequenciar temporalmente a construção da ilha que teima em manter-se viva – erupção da Serreta (1998) e Furnas do enxofre (atividade fumarólica).

Púdica, deixou-se envolver por um manto verde de urzes, de loureiros, de cedros, de pau branco, de vidálias…, numa paleta de cor propícia ao sonho. Mas os sonhos já não respeitam ao corpo, mas à alma e a da Terceira reside na sua gente que, desde o século XV, foi testemunhando, com espanto e temor, os espasmos telúricos, daí resultando um culto sentido ao Espírito Santo traduzido nas festas maiores da ilha, da Páscoa ao Pentecostes, centradas nas dezenas de Impérios de que se orgulham e preservam. Corajosos, resistiram ao domínio espanhol até ao verão de 1582 e abraçaram o constitucionalismo, em 1828, tendo Angra passado a capital do Reino em 1830. Daqui foi organizada a resistência aos contra-ataques do miguelismo e «D. Maria II conferiu à cidade o título de “mui nobre, leal e sempre constante cidade de Angra do Heroísmo” e condecorou-a com a Grã-Cruz da Torre e Espada. A cidade sofreu com o violento sismo de 1 de janeiro de 1980. A 7 de dezembro de 1983, o centro histórico da cidade de Angra do Heroísmo tornou-se Património Mundial da UNESCO». Na Praia, hoje da Vitória, foi travada, em 1829, uma tentativa de desembarque das tropas miguelistas. Desta amálgama se fez a alma da ilha, corajosa, orgulhosa, solidária e festiva.

Procurou esta visita proporcionar aos alunos, pais e professores que puderam e/ou quiseram participar, um percurso pelo corpo e pela alma da Terceira e deseja-se que tenha deixado uma marca indelével na alma de cada um.

Maria Hermínia Marques – professora de EMRC

Colóquio “Movimento Paralímpico”


No dia 31 de janeiro, cumpriu-se mais uma atividade do projeto “Dia Paralímpico na Escola”, com a realização do Colóquio “Movimento Paralímpico” que contou com a presença do Diretor do Agrupamento, do Presidente da CMP, do Vice-Presidente do Comité Paralímpico Português, dos atletas paralímpicos Telmo Pinão e Miguel Monteiro e do seu treinador, João Mendes, e da nadadora surdolímpica Eunice Almeida. Os intervenientes referidos partilharam pormenores do seu percurso desportivo e responderam a questões colocadas pelos alunos sobre as suas vivências.

Departamento de Expressões / Grupo de Educação Especial

Dia Paralímpico


O Dia Paralímpico na Escola é um projeto que decorrerá entre os dias 25 de janeiro e 1 de fevereiro, na Escola Secundária de Pombal. Esta iniciativa procurará dinamizar, promover e desenvolver atividades que coloquem os indivíduos em contacto com a realidade paralímpica e com os princípios e valores do “Movimento Paralímpico”. Durante a referida semana, toda a comunidade educativa poderá visitar a exposição “Movimento Paralímpico e Desportos Paralímpicos e Surdolímpicos”. No dia 25 de janeiro, das 14h30 às 18h00, realizou-se a ação de formação “Modalidades Paralímpicas em Contexto Escolar”, de caráter prático, no âmbito do desporto adaptado, onde se aprenderam algumas estratégias para abordar esta dimensão desportiva. A ação foi dirigida por técnicos especializados das federações desportivas das  modalidades abordadas (Atletismo, Boccia, Goalball e Voleibol Sentado). Esta primeira atividade foi um sucesso e permitiu, de uma forma apelativa, envolvente e dinâmica, sensibilizar os participantes para a Igualdade, Inclusão e Excelência Desportiva preconizada pelo “Movimento Paralímpico”.

Departamento de Expressões /Grupo de Educação Especial

Quadro de Honra e Mérito, Menção “Melhor Turma”


A Escola Secundaria de Pombal premiou, no passado dia 02 de dezembro de 2016, os alunos e turmas que no ano letivo 2015/2016 se destacaram pela sua dedicação e esforço no trabalho escolar, bem como por ações meritórias desenvolvidas na comunidade.

Mais uma vez, o Teatro – Cine de Pombal foi palco de enorme alegria da comunidade educativa do Agrupamento de Escolas de Pombal que viveu com empenho, seriedade e regozijo um evento que pretende exaltar os seus alunos pelo desempenho académico e cívico e pelos seus talentos, como incentivo à formação e ao culto da excelência.

Patrocinado pela Câmara Municipal de Pombal, pela Caixa de Crédito Agrícola, pelo Grupo Derovo e ainda pelas empresas Pombal Verde, Copombal e Agriloja, o evento mostrou, de forma peculiar, os mais diversos talentos dos nossos alunos, tornando-se num momento singular ao qual não faltou o brilho dos grupos / escolas de dança: Danspirit e Fabrikartes.

A Direção do Agrupamento congratula-se com todos os que direta ou indiretamente estiveram envolvidos, pois crê que “a Educação não pode deixar de ser um desígnio que a todos une e mobiliza”.

Manuela Pinto

Jogo de Vólei Professores/Alunos


No âmbito das atividades de encerramento do 1º período letivo do ano 2016/17, realizou-se um jogo de voleibol que opôs uma “seleção” de professores a uma “seleção” de alunos. O jogo terminou 3-0 a favor dos professores.

Manuel António Rodrigues dos Santos

Jantar de Natal


Realizou-se na noite de 4ª feira, 21 de dezembro, o Jantar de Natal do Agrupamento de Escolas de Pombal.

Participaram mais de 130 pessoas! Mais de um 1/3 (um terço) dos colaboradores do nosso agrupamento.

Em ambiente natalício, sob a orientação dos docentes Jorge Claro e Paula Gouveia, do Curso Técnico de Restaurante variante Restauração/Bar, os alunos prepararam a sala e prestaram um serviço excepcional aos presentes demonstrando enorme preparação e apetência para a área.

A  decoração  da  sala  foi  da  responsabilidade da  Coordenadora  da  Biblioteca  Escolar,  a docente Fernanda Gomes e sua equipa.

A  Associação  de  Pais  e  Encarregados  de  Educação  (APP)  fez-se  representar  pelo  seu presidente, Dr. Pedro Pinto. Associaram-se ainda os autarcas de freguesia de Almagreira, Pelariga e Redinha.

A noite ainda foi abrilhantada com música ao vivo.

A alegria foi uma constante nesta confraternização natalícia.

O Agrupamento também se faz destes momentos de convívio. Boas Festas!

Manuel António Rodrigues dos Santos