Atividade de jogos dinamizada pelo 2.º TCM no 1.º ciclo


No passado dia 15 de abril, os alunos da turma do 2.ºTCM, no âmbito da disciplina de matemática, dinamizaram nas turmas 4.ºF e 4.ºG da EB1 Conde de Castelo Melhor uma atividade com os jogos matemáticos: hex, pontos e quadrados, ouri, nim, peões, charada de Sam Loyd, “o que sou eu”, solitário e cães e gatos. O principal objetivo desta iniciativa foi promover nos alunos o desenvolvimento de confiança nas suas capacidades matemáticas, assim como fomentar a persistência, autonomia e à-vontade em lidar com situações que envolvam a Matemática, tanto no percurso escolar como na vida em sociedade. Além disso, a atividade também teve como objetivo contribuir para o desenvolvimento das competências elencadas no Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, tais como linguagens e textos, relacionamento interpessoal, desenvolvimento pessoal e autonomia e saber científico, técnico e tecnológico.

Esta experiência permitiu que os alunos colocassem em prática o que aprendem em sala de aula, de uma forma lúdica e interativa, estimulando assim o gosto pela Matemática e incentivando a sua aplicação em diferentes contextos do quotidiano.

Os alunos do 4.º ano demonstraram entusiasmo e empenho durante os jogos, evidenciando um grande interesse em aprender de forma interativa e lúdica. Esta iniciativa foi, sem dúvida, uma experiência enriquecedora e motivadora para todos os envolvidos.

O 2.º TCM agradece às  professoras  Ana Simões e Ofélia  Aguiar por terem aceite o desafio da implementação desta atividade nas suas turmas.

Ana Francisco – Professora de matemática

Planeta Matemático na aula  de matemática do 2.º TCM


No dia 18 de abril, a turma do 2.ºTCM teve uma aula de matemática diferente. A Doutora Raquel Caseiro, docente no Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra, dinamizou o jogo ”Planeta matemático” durante a aula. O jogo  ”Planeta matemático” ́ é um jogo de tabuleiro desenvolvido com a contribuição de escolas de vários pontos do país, por ocasião do ano internacional da ”Matemática do planeta Terra”. Os desafios do jogo envolvem questões relacionadas com estas temáticas. Os alunos aprenderam como jogar o jogo e fizeram um campeonato entre equipas, em que cada uma teve de completar provas de vários tipos, como resolver problemas simples, desenhar ou utilizar a expressão gestual. Esta  atividade permitiu desenvolver as seguintes  áreas de competências elencadas no Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória: linguagens e textos, raciocínio e resolução de problemas, relacionamento interpessoal, desenvolvimento pessoal e autonomia, sensibilidade estética e artística, saber científico, técnico e tecnológico e consciência e domínio do corpo.

Os alunos participaram com muito interesse e empenho e ganhou a  equipa que  conseguiu completar a lista de missões mais rapidamente.

 

Ana  Francisco – Professora de matemática

Projeto Etwinning “DigiMath-Digital Education in Mathematics”


Os alunos do 2.ºTEAC/TAL, no âmbito da disciplina de matemática, participaram com empenho no Projeto Etwinning DigiMath-Digital Education in Mathematics. Neste projeto, participaram 7 países (Turquia, Portugal, Sérvia, Croácia, Espanha, Geórgia e Jordânia). O principal objetivo do projeto foi desenvolver competências e aptidões ao nível da utilização dos ambientes digitais pelos alunos como ferramenta na aprendizagem da matemática. Foram trabalhados alguns conteúdos curriculares dos temas Trigonometria e Álgebra dos países envolvidos, integrando a tecnologia e o desenvolvimento de competências para o século XXI. Este projeto permitiu aos alunos aprenderem várias ferramentas web 2.0. ligadas à comunicação matemática e à apresentação dos trabalhos realizados; criarem trabalhos comuns, através da colaboração e da cooperação com alunos de outros países; e contribuiu para o desenvolvimento de competências académicas e sociais, elencadas no Perfil dos alunos à saída da Escolaridade Obrigatória.

Neste projeto, é de destacar o trabalho realizado pelos alunos no Geogebra, utilizando coordenadas polares fizeram a representação gráfica de funções periódicas, obtendo autênticas obras de arte:

https://www.emaze.com/@ALOFFQIII/coordenadas-polares-vs-arte

Uma viagem pelos países envolvidos no projeto:

Animated Travel Map with PictraMap

Ana Francisco – Professora de Matemática

Palestra “Modelação Matemática”


No dia 8 de maio, os alunos do 2.º TEAC e do 2º TAL tiveram uma aula de Matemática diferente. No âmbito do módulo A6: Taxa de Variação, nos 100 minutos de aula, os alunos participaram na palestra ”Modelação Matemática, dinamizada pelo docente Diogo Baptista do Departamento de Matemática do Instituto Politécnico de Leiria. A palestra realizou –se no âmbito da disciplina de matemática, enquadrada nas competências a desenvolver no domínio da resolução de problemas e da comunicação matemática do módulo A6 alinhadas com o Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória.

Recorrendo a sensores de medição, componentes eletrónicos e a algum software, os alunos verificaram como a “Taxa de variação média” e as “Derivadas” estão presentes nas mais variadas situações do nosso dia-a-dia.

Esta palestra contribuiu para os alunos perceberem a importância dos conteúdos “ Taxa de Variação” e “Derivadas” na modelação matemática de situações do nosso dia-a-dia. Aprenderam que as derivadas são essenciais para modelar muitos fenómenos físicos, económicos e biológicos. Por exemplo, na física, as derivadas são usadas para modelar a velocidade e a aceleração de objetos em movimento, enquanto na economia ajudam a modelar a taxa de crescimento de um negócio ou a taxa de inflação.

Os alunos participaram com entusiasmo na palestra e foram conduzidos a debater a importância da modelação matemática em diversas áreas.

Ana Francisco – Professora de Matemática

Atividades de programação e robótica com Mbot com a utilização sensores adicionais


No dia 23 de janeiro, as turmas 1.º TIS, 1.º TIIGR , 2º TEAC e 2.º TAL  do ensino  profissional tiveram uma aula de matemática diferente. Os alunos participaram numa sessão prática de “Atividades de programação e robótica com Mbot com a utilização sensores adicionais”, dinamizada pelos professores Raquel Costa e Paulo Gomes da Softciências. Esta atividade estimulou nos alunos a criatividade e teve como principal objetivo aproximar o ensino da sociedade e do mercado de trabalho, para que os alunos percebessem a aplicação prática dos conhecimentos adquiridos nas aulas de matemática e adquirissem competências úteis para os empregos do futuro.

A atividade pode ser visualizada aqui e e no facebook da Softciências, onde foi publicada a 23 de janeiro de 2023.

Ana Francisco e Ana Silva – professoras de Matemática

Palestra “Análises Clínicas e Probabilidades Condicionadas”


No passado dia 17 de maio, os alunos do 1.º TAL e do 1.º TEAC tiveram a oportunidade de assistir , na aula de matemática, a uma palestra intituladaAnálises Clínicas e Probabilidades Condicionadas”, seguida de um debate em torno do tema,  dinamizada pelo Doutor Rui Santos, professor no Departamento de Matemática do Instituto Politécnico de Leiria e investigador no Centro de Estatística e Aplicações da Universidade de Lisboa (http://ceaul.org/ ).

Nesta palestra, aprenderam que a classificação de um indivíduo como “doente” ou “saudável” através de uma análise clínica não é usualmente perfeita, ocorrendo frequentemente os “falsos positivos” e os “falsos negativos”. Recorrendo a medidas de fiabilidade da classificação baseada em análises clínicas, foram exploradas distintas conceções de probabilidade, em particular o conceito de probabilidade condicionada e a sua aplicação nas análises clínicas. Os alunos ficaram a conhecer como se calculavam algumas medidas de epidemiologia (Taxa de prevalência de uma doença; Taxa de incidência de uma doença; prevalência; acurácia; sensibilidade; especificidade; Valor Preditivo Positivo; Valor Preditivo Negativo) e o que era a Curva ROC (Receiver Operating Characteristics).

Os alunos mostraram-se muito entusiasmados e participativos no debate em torno do tema.

Ana Francisco – Professora de Matemática

Workshop ”Linguagem python na calculadora TI-Nspire utilizando o rover”


No dia 14 de abril, os alunos do 1.º TEAC tiveram uma aula de Automação e Computadores (AC) diferente com a professora da disciplina, Marta Pipo, e a professora de Matemática, Ana Francisco, que prepararam, em articulação, uma atividade de aprendizagem STEM, o Workshop ”Linguagem python na calculadora TI-Nspire utilizando o rover”, com a duração de 150 minutos,  dinamizada pelo  professor Alexandre Gomes da  Texas Instruments. O Workshop pretendeu promover aprendizagens de programação em  Python (trabalhados na aula de AC) em estreita articulação com conhecimentos matemáticos (ao nível da  geometria e das funções) com recurso à robótica e desenvolver competências como o pensamento criativo, pensamento crítico e pensamento computacional através de trabalho em pares, usando a tecnologia TI-Nspire CX II T e a mais recente tecnologia da Texas Instruments, o TI-Innovator Rover, tecnologia premiada com a Medalha do Prémio Comenius EduMedia 2019.

Os alunos, entre outras atividades, programaram o TI-Innovator Rover para fazer percursos evitando obstáculos, para desenhar polígonos e outras figuras geométricas ….

Foi uma atividade muito enriquecedora e com certeza a não esquecer! Todos os alunos foram excecionais e o seu empenho contribuiu em muito para o sucesso da atividade!

Um programa realizado pelos alunos: https://youtube.com/shorts/mUYGWC5Nhns

Um agradecimento especial à Texas Instruments que emprestou à escola o material para ser possível a realização do workshop.

 

As Professoras: Ana Francisco e Marta Fernandes

Exposição dos trabalhos dos alunos do 3.º TIS.


No âmbito do módulo A8, lecionado na disciplina de Matemática, foi solicitado aos alunos do 3.º TIS que procedessem à construção de fratais.

Tecnicamente, a complexidade infinita de um fratal deriva do facto de este ser gerado por uma sucessão recursiva, com um número infinito de iterações.

Para terminar, o curso apresentou à comunidade uma exposição dos trabalhos realizados pelos alunos no hall de entrada da Escola Secundária de Pombal.

Teresa Cecília Pinto – Professora de Matemática

“A Matemática é um jogo” – Workshop


No âmbito da disciplina de Matemática no dia 16 de fevereiro, entre as 14h30m e as 17h00, decorreu um workshop no agrupamento direcionado para os alunos do 2.º TCM e que abordou os conteúdos do currículo da disciplina de Matemática.

O workshop foi dinamizado pelo Circo Matemático – Associação Ludus e teve por objetivo apresentara Matemática por trás de alguns jogos, abordar as estratégias vencedoras e aprender as regras.

O worshop conta da seguinte apresentação:

“David Hilbert terá dito que a matemática é um jogo que se joga segundo regras simples com marcas sem significado em papel. É certamente o maior jogo de todos os que jogamos por livre vontade. Neste Workshop damos o passo inverso e vamos do jogo à matemática pegando no conjunto dos jogos abstratos que figuram no Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos (ocorre anualmente há mais de dez anos), e acrescentamos alguns dos nossos jogos abstratos favoritos como o Hex, Yavalath, Conane, e muitos outros. Todos irão aprender as regras para desenvolver o seu raciocínio e pôr o cérebro a matemáticar.”

Teresa Cecília Pinto – Professora de Matemática

Certificado de Excelência – desafio Code Week 4 All


Os alunos da turma 1.ºTEAC/TAL foram reconhecidos com o “Certificate of Excellence in Coding Literacy” pela participação que tiveram, em outubro de 2021,  na atividade  Codeweek (Europe Code Week). Esta atividade foi desenvolvida no âmbito da disciplina de matemática e inserida no projeto etwinning “MIE” Maths Is Everywhere. A atividade realizada pelos alunos pode ser visualizada em Code Week 4 All (padlet.com).

A atividade CodeWeek  é uma atividade da Semana Europeia da Programação (link: Europe Code Week), que  é uma iniciativa que visa levar a programação e a literacia digital a todos de uma forma divertida e atrativa.

 

Parabéns aos alunos do 1.ºTEAC/TAL!

 Ana Francisco – Professora de Matemática