Teatro na Escola “Ladino e Vicente”


No passado dia 21 de fevereiro, o ginásio da Escola Secundária de Pombal foi palco de duas sessões da peça “Ladino e Vicente”, pela companhia AtrapalhArte. Assistiram ao espetáculo todas as turmas dos 7.º e 8.º anos do agrupamento, tendo por base o estudo dos contos em representação: “Ladino” e “Vicente”, da obra Os Bichos, de Miguel Torga. Estes contos, fazendo parte da estrutura curricular da disciplina de português, no 7.º e 8.º anos, respetivamente, foram alvo de uma adaptação, resultando numa animada representação que muito satisfez a curiosidade e as espectativas dos alunos e professores. Um muito obrigado a todos aqueles que se envolveram nesta actividade, pelo interesse, empenho e disponibilidade.

João Silvano

Teatro na Escola


T`Ulisses

No passado dia 18 de janeiro, o auditório da escola básica Marquês de Pombal recebeu duas sessões da peça de teatro T`Ulisses, pela companhia AtrapalhArte. A representação da peça foi promovida pela biblioteca escolar e pelos professores de português do 6.º ano, tendo como principais destinatários os alunos que, em paralelo com o estudo da obra “Ulisses”, de Maria Alberta Menéres” previsto nas metas curriculares de aprendizagem (6.º ano), tiveram a oportunidade de consolidar os seus conhecimentos com a apresentação deste divertido espetáculo teatral. Tanto os professores como os alunos se manifestaram muito agradados e satisfeitos pelo que viram, solicitando a continuidade deste tipo de iniciativas.

João Silvano

DivArt City em Movimento com o Teatro Amador de Pombal


No âmbito do projeto DivArt City, enquadrado no Movimento 14-20 a Ler promovido pelo Plano Nacional de Leitura, 9 alunos do AEP iniciam a sua participação na oficina de 30horas de Teatro Amador de Pombal, a decorrer de 4 de janeiro a 2 de fevereiro.

aCena-me!… aCena-nos! Assim se reinventam contextos de aprendizagem e promoção da leitura!

Nove, novos atores em palco prometidos assim para este Novo Ano!

Rir para aprender


Rir com a família e os amigos é do melhor que há e foi o que aconteceu no fim da tarde de domingo 14 de janeiro 2018, no teatro cine de Pombal.

Numa iniciativa da BE da Escola Secundária de Pombal e do Centro Qualifica, jovens alunos, adultos em formação, elementos da Universidade Sénior, professores, familiares e amigos embarcaram na epopeia dos Lusíadas, disfrutando de uma revisitação do poema épico de Camões, uma adaptação recheada de humor do Teatro Amador de Pombal.

Ao longo dos 45 minutos, num jogo vivo de interpelação permanente, os atores conquistaram o público, recolheram fortes aplausos e deixaram sorrisos estampados nos rostos de miúdos e graúdos.

Se para uns, a peça representou uma oportunidade para recordar os tempos de escola, para outros, terá sido certamente uma ótima sensibilização ao estudo da obra que constitui uma referência da identidade portuguesa no contexto literário universal.

Cristina Costa

Coordenadora do Centro Qualifica

Convite para “Os Lusíadas?” no Teatro-Cine de Pombal


No dia 14 de janeiro de 2018, pelas 17 horas, no Teatro-Cine de Pombal, o grupo “Teatro Amador de Pombal” representará a peça “Os Lusíadas?”, destinando-se aos alunos (jovens e adultos) do Agrupamento de Escolas de Pombal.

Contamos consigo! Contamos com a presença de todos quanto gostam de fazer rir, aprendendo!  

Vamos “Entrelaçar Saberes”, neste Novo Ano!

A equipa dinamizadora

(Biblioteca Escolar, Centro Qualifica e Professores de Português) 

Festival Infantojuvenil de teatro


Nos dias 23 e 24 de maio o clube de teatro da escola Marquês de Pombal participou no Festival Infantojuvenil de teatro promovido pela Câmara Municipal de Pombal.

Os alunos  participaram com muito empenho e responsabilidade. Estão de parabéns.

A coordenadora do clube de teatro,

Hermínia Marques

Metas divertidas com os AtrapalhArte


 

As turmas do 5º e do 6º ano, do nosso agrupamento, tiveram, no dia 6 de dezembro, a oportunidade de assistir, respetivamente, às peças de teatro “O Príncipe Nabo” e “Ali Baba e os Quarenta Ladrões”.

A Companhia AtrapalhArte de Coimbra continua a fascinar o público infantil e o adulto, conseguindo aliar à arte da representação uma dose muito bem temperada de humor.

Os textos contemplados nas metas curriculares são tratados, por estes atores, de modo a suscitar a sua leitura e facilitar a interpretação. Comprovou-se, assim, que a rir também se aprende.

Foi um dia inesquecível!

F.Gomes

 

Metas em Cena com os Atrapalharte


“Estendal de Contos” foi a peça que a companhia de teatro infantil de Coimbra – Atrapalharte – apresentou em diversas escolas do 1.º CEB do AEP e na escola sede. Baseada na adaptação de dois contos do universo da literatura infantil “A Princesa Ervilha” e “Os Músicos de Bremen”, a peça tem deliciado e divertido pequenos e graúdos, imperando o riso e a boa disposição. Recorde-se que estes dois contos fazem parte das propostas de leitura, no âmbito das metas curriculares de aprendizagem.

Ainda, a mesma companhia apresentou a peça “Os Bichos”, de Miguel Torga, com a encenação dos contos “Tenório” e “Miura”, com duas sessões para os alunos do 7.º ano, no auditório da Escola Secundária.