Projeto Dia Verde


Hoje, sexta-feira dia 7 de fevereiro, vivenciamos mais uma manhã do nosso Projeto “ Dia Verde” e assim lá fomos nós de galochas até ao nosso pedacinho de terra onde todas as semanas nos divertimos muito. Desta vez resolvemos utilizar alguns elementos da Natureza que tínhamos recorrido num dos nossos passeios…e com eles construir “ Apanha Sonhos”.

Depois de feitos… todos nós pedimos sonhos bons, para que estes ficassem nas nossas obras de arte…sim porque ficaram mesmo umas verdadeiras obras de arte. Querem ver? Vamos partilhar convosco!

Vila Cã e o seu Património Cultural…


No âmbito dos Projetos “ Pais de Palavra “ e “ Aprender com as Artes”, contamos com a presença do Rancho Folclórico de Vila Cã, hoje dia 6 de Fevereiro de 2020.

Sensibilizando as nossas crianças para o Património Cultural da terra, tivemos o privilegio de ter na nossa escola o rancho local, que nos brindou com as suas danças, cantares e musicas tão carateristicos de uma Arte tão antiga, que continua viva , tendo já como seguidores algumas crianças do nosso Jardim de Infância.

Foi uma manhã enriquecedora e divertida para todos, crianças e adultos, onde quem quis pode dar um pezinho de dança, neste momento de partilha e aprendizagens entre gerações.

Viva a nossa terra! Viva o Rancho Folclórico de Vila Cã!

Um Projeto Solidário


No domingo, dia 02 de fevereiro, os alunos da turma do 4.º D, da EB do Louriçal, foram ao mercado do Louriçal e apresentaram à comunidade uma tenda recheada com produtos diversificados para vender (alimentares, objetos decorativos e utilidades) confecionados e elaborados com muito carinho e habilidade por alunos, pais/encarregados de educação e outros familiares que se juntaram a esta causa.

É de salientar que esta iniciativa partiu do alunos, crianças de 9 e 10 anos, com a qual procuram sensibilizar para o problema da poluição e ao mesmo tempo, angariar verbas para a aquisição de material a oferecer a uma instituição de crianças e conta com o aval e apoio dos encarregados de educação, da direção do agrupamento e da junta de freguesia.

Os produtos foram todos vendidos e os alunos agradecem à comunidade local. No próximo dia 1 de março pretendem voltar ao mercado da vila com mais produtos fresquinhos, saborosos e criativos e esperam poder contar com a colaboração da comunidade para mais uma venda de sucesso!

Estes pequenos empreendedores estão de parabéns pela iniciativa!

A professora Ondina Cintra

Jornada “Sangue, uma dádiva de vida”


No âmbito da promoção da dádiva de sangue junto dos jovens,  realizou-se, no dia 29 de janeiro de 2020, no ginásio da Escola Secundária de Pombal, a Jornada “Sangue, uma dádiva de vida”, dirigida aos estudantes do 9.º ano de escolaridade.

Esta jornada contou com a participação do Dr. José Mário Gama, técnico superior do Serviço de Sangue do Centro Hospitalar da Universidade de Coimbra (CHUC); D. Leonor Ferreira, presidente da Associação de Dadores de Sangue do Outeiro da Ranha (Pombal); Dr. Luís Negrão, responsável do Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST); o testemunho de uma história de vida contada na primeira pessoa por um Encarregado de Educação que necessitou de sangue; um representante do município de Pombal, Dra. Sofia Gonçalves, e uma apresentação dos resultados de um trabalho intitulado “A dádiva de sangue na perspectiva dos estudantes de Pombal”, realizada pelos alunos no âmbito da disciplina de ciências naturais.

A jornada teve como objectivo principal sensibilizar os jovens para a necessidade da dádiva de sangue enquanto única proveniência de tão precioso líquido para o tratamento de inúmeras situações médicas.

O envelhecimento da população portuguesa é uma realidade social do nosso país que se reflete, consequentemente, no envelhecimento da população dadora, sendo assim necessário garantir que aqueles que, por motivo de idade ou de doença, deixam de poder dar sangue sejam condignamente substituídos por jovens. Neste seguimento, esta jornada procurou dar um contributo para que os jovens concorram, mais tarde, com a sua dádiva para as necessidades do país de uma forma mais consciente e mais responsável.

Estefânia Pires

Raquel Ferreira

Projeto de Educação para a Saúde

Clube Ciência Viva

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Afetos@teatro


No dia 17 de janeiro cerca de cem alunos do 9.º ano assistiram ao teatro-debate “Nem muito simples nem demasiado complexo”, encenado pelo Teatro Usina.

Em primeiro lugar, a moderadora, Filipa Marcos, apresentou um prólogo, explicando ao público a estrutura da peça. Seguiram-se cinco cenas, cada uma com duas personagens representadas pelos atores Fábio Vaz e Raquel Oliveira. As cenas retratavam diferentes fases do relacionamento amoroso: “O primeiro passo” (a dificuldade de começar uma relação), “Uma questão de equilíbrio” (a comunicação entre o casal), “Cuidado com a reputação” (a pressão do grupo e o julgamento dos outros), “Uma ocasião especial” (o respeito pelo tempo do outro) e “A primeira vez” (as inseguranças da primeira vez).

Os alunos debateram as cenas e selecionaram duas para serem reencenadas, dando oportunidade a todos de refletir, intervir e mudar o rumo da história. Houve vários temas em análise: inseguranças afetivas, gestão de comportamentos, amizades, homofobia, pressão social, DSTs, métodos contracetivos, tipos de violência, tabus e mitos à volta da sexualidade.

Esta modalidade de teatro-debate é original e cativante, pois o trabalho de palco salta para a plateia, envolvendo-a na discussão e na procura das melhores soluções. Os três atores mereceram um grande aplauso pela sua arte de representação/improvisação e pela forma ordeira e estimulante como conduziram o debate.

Só destacamos uma nota negativa: a organização não cumpriu o horário de entrada e, consequentemente, a peça foi mais curta. Gostaríamos de ter reencenado todas as cenas e ter prolongado a sessão.

O nono ano é a fase certa para se tratar o tema das relações amorosas, pois estamos a crescer, é tempo de tomar decisões, surgem muitas incertezas e apercebemo-nos de que esta área da nossa vida é muito importante e séria. Num clima saudável e descontraído, sem desconfortos, falámos de responsabilidades, partilhámos dúvidas, trocámos opiniões e aprendemos. Atividades como esta deviam ser mais regulares porque são esclarecedoras, educativas e divertidas.

Bravo

Ana Mendes, Beatriz Gameiro, Carolina Carvalho, Carolina Rodrigues, José Pedro Gomes, Laura Ruivo (9.º A)

 

Se amor queres fazer, preservativo tens de ter.

Se amores queres viver, cuidados tens de ter.

Sexo forçado está errado.

Só perdes a virgindade se tiveres maturidade.

Para iniciar a sexualidade é preciso responsabilidade.

9.º C

Desporto Escolar – atividades de fevereiro de 2020


Durante o mês de fevereiro de 2020, os Grupos/Equipas do Desporto Escolar do Agrupamento de Escolas de Pombal têm previstas a sua participação nas modalidades de Atletismo, Basquetebol, Futsal e Natação Adaptada, conforme calendário.

ModalidadeDataEquipaLocal
Natação Adaptada04/02/2020MistaLeiria
Basquetebol05/02/2020Juvenis FemininosFigueira da Foz
12/02/2020Infantis FemininosAlbergaria dos Doze
Futsal05/02/2020Infantis FemininosLeiria
05/02/2020Juvenis FemininosI.E. Juncal
12/02/2020Juvenis MasculinosPombal
19/02/2020Iniciados FemininosAlvaiázere
19/02/2020Juvenis FemininosPombal
Atletismo20/02/2020MistaLeiria (Estádio)

 

Ricardo Gaspar