Atividades BE AEP – 2º semestre 2022


15.ª Edição: Concurso Nacional de Leitura-fase Intermunicipal em Figueiró-dos-Vinhos


Decorreu ontem, na casa da Cultura de Figueiró dos Vinhos, a prova de palco da fase Intermunicipal da 15.ª edição do C.N.L.

Representou-nos, neste evento, a aluna Lara Costa do 12º ano, após apuramento nas provas escritas, em suporte digital, realizadas na semana precedente, em que participaram ainda as seguintes candidatas de outros níveis de ensino do AEP: Matilde Marques (EB PBL) e Beatriz Gaspar (EB RED).

Não teremos representatividade na fase Nacional, no entanto, orgulhamo-nos das excelentes prestações que todos os candidatos realizaram nas fases anteriores, pois a tarefa foi mesmo desafiadora. Acreditamos que todos os participantes experienciaram momentos muito gratificantes que certamente incrementaram o seu gosto pela leitura e o desejo de abraçar próximas edições, até porque a animação, o convívio e novos laços de amizade marcaram presença.

É possível assistir às provas de palco na gravação que se segue:

 

Partilhamos ainda algumas imagens dos representantes do nosso Concelho (AEP, AE Gualdim Pais, AE Guia, IDJV):

Agora, “Há Música na BE”


Desde o mês de fevereiro que a biblioteca da unidade escolar Marquês de Pombal recebe, na última 5.ª feira de cada mês, a atividade “Há Música na BE”. A dinâmica foi proposta pela professora de Educação Musical, Fátima Couto, que prontamente foi acolhida pela biblioteca escolar. Este trabalho de colaboração tem-se revelado muito interessante não só para os utentes da biblioteca que agradavelmente têm acolhido a iniciativa, mas também pelo seu carácter inovador que perspetiva uma abordagem diferente da leitura. A biblioteca acolhe assim a leitura alicerçada num outo suporte – a música, contribuindo quer para a concretização dos objetivos do Clube de Música, quer para a cultura musical daqueles que assistem às sessões.

João Silvano

BE MP elege os “Lectores Optime” 2022


Pelo 2.º ano consecutivo, a BE MP elege os seus “Super” leitores, isto é, aqueles que através do número de requisições domiciliárias num determinado período de tempo, conseguiram ler mais livros. Para além de se promover o livro e a leitura domiciliária e autónoma, a iniciativa visa promover os bons hábitos de leitura, bem como as competências leitoras de todos os que encontram na biblioteca boas propostas de livros e motivos para continuarem a ler.

Este ano, os “Lectores Optime” premiados foram os alunos:

1.º Lugar – Lucas Oliveira (8.º D)

2.º Lugar – André Domingues (6.ºA)

3.º Lugar – Francisco Rufino (7.ºD)

A todos eles os nossos parabéns e o nosso agradecimento às professoras Helena Lento, Fátima Pessa e Leonor Tafula que presenciaram, com as suas turmas, a entrega dos prémios aos seus alunos.

João Silvano