Dia da Floresta Autóctone na EB de Louriçal


A 23 de novembro celebra-se o Dia da Floresta Autóctone, uma floresta constituída por árvores e arbustos de espécies originárias do nosso território, como os carvalhos, os sobreiros, os castanheiros, as azinheiras, os medronheiros, os azereiros, os loureiros, os azevinhos, os alecrins, entre muitas outras espécies, que estão perfeitamente adaptadas às condições climáticas e do solo.

No âmbito do Programa Eco-Escolas e do Projeto “O Dia Verde”, os alunos da turma A do Jardim de Infância procederam à plantação de carvalhos em articulação e com o apoio da Junta de Freguesia. Os carvalhos foram fruto do cuidado da turma, no ano letivo anterior, no sentido de preservar e não destruir pequenos rebentos de bolotas que germinaram no bosque da escola.

Na escola, os alunos plantaram estacas de alecrim oferecidas pelo Município de Pombal.

Foi, ainda, feita a sensibilização a todos os alunos para a necessidade de preservar e plantar espécies autóctones.

A Educadora Titular e as Coordenadoras do Programa Eco-Escolas
Palmira Rocha, Sílvia Oliveira e Adélia Rodrigues

Concurso de Catrinas


Os alunos de Espanhol, do 3º ciclo, responderam ao desafio lançado pelas suas professoras de participar no Concurso das Catrinas. O objetivo foi desenhar, criar ou pintar uma Catrina que é, sem dúvida, a grande presença nas festas mexicanas, principalmente na do Día de los Muertos, em que as pessoas se pintam e se fantasiam como a famosa imagem, fazendo com que ela se torne parte da cultura mexicana.

A UNESCO declarou esta tradição como Património Imaterial da Humanidade, pelo que as docentes da disciplina de espanhol decidiram não deixar passar em vão esta tradição de um dos 21 países hispano falantes.

É uma das festas mais animadas no México, pois, segundo dizem, os mortos vêm visitar os seus familiares. Festeja-se com comida, bolos, festa, música e os doces preferidos dos mortos. Segundo a crença popular, nos dias 1 e 2, chamados de Días de los Muertos, os mortos têm permissão divina para visitar familiares e amigos. Por isso, as pessoas enfeitam as suas casas com flores, velas e incensos, e preparam as comidas preferidas dos que já partiram. As pessoas fazem máscaras de caveira, vestem roupas com esqueletos pintados ou mascaram-se de morte.

As exposições das «Catrinas» criadas pelos nossos alunos não conseguem retratar as cores que trouxeram aos dois edifícios na primeira semana de novembro.

No sentido de escolher o vencedor de forma justa, foi solicitada a participação dos docentes de Educação Visual. No entanto, foi difícil determinar os vencedores devido à qualidade dos trabalhos. Parabéns a todos!

Os vencedores foram: Constança Abreu, 7ºG – E.B.2, 3 Marquês de Pombal e Pedro Policarpo, 8ºG – Escola Secundária de Pombal

As docentes de Espanhol: Carla Silva e Berta Cruz

Dia da Floresta Autóctone


No dia 23 de novembro, comemorou-se o Dia da Floresta Autóctone com o ato simbólico da plantação de um pinheiro manso na escola Marquês de Pombal. Em virtude da situação pandémica que atravessamos, poucos alunos puderam estar presentes. Porém, inerente ao tema e, de acordo com os conteúdos a abordar, os professores têm desenvolvido esforços para criar nos alunos um sentimento de responsabilidade face à importância da natureza, nomeadamente nos benefícios da floresta autóctone.

Mário Ferreira – Grupo 230[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Dia Internacional do Direitos da Criança


No âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Direitos da Criança que se celebrou no dia 20 de novembro, os alunos do 3º e 4º ano da EB1 de Pelariga, realizaram uma caminhada e meditação na Natureza. Munidos de tapetes, roupa prática e muita alegria, fizeram uma caminhada na floresta. Numa clareira, colocaram os seus tapetes e, após vários exercícios de respiração, iniciaram um processo de meditação guiada pela professora. Foram momentos de grande tranquilidade onde os alunos aprenderam que meditar é tão simples como respirar. Basta fechar os olhos e respirar calmamente. Depois é deixar que a imaginação tome conta dos nossos pensamentos, criando sonhos, deixando-os tornarem-se reais.

A meditação auxilia as crianças a compreenderem as sua emoções, ajudando-as a reprogramarem os seus pensamentos e atitudes, promovendo os valores de Paz, de Respeito, de Paciência e de Equilíbrio, a que todas as crianças devem ter direito!

Tertúlia “Biodiversidade do mar de Portugal e Banco de Gorringe”


Somos Escola Azul!

No dia 16 de novembro, assinalou-se o Dia Nacional do Mar. A celebração deste dia teve origem na Convenção das Nações Unidas sobre o direito do Mar. Esta data assinala-se em Portugal desde 1997.

A nossa Escola pretendeu assinalar esta data, destacando a importância que o mar tem para a história e identidade de Portugal, bem como para a economia e desenvolvimento do país. Assim, no âmbito da disciplina de ciências naturais e do Programa “Escola Azul”, os estudantes das turmas G e A dos 7.º anos de escolaridade participaram na videoconferência online “Biodiversidade do mar de Portugal e Banco de Gorringe”, dinamizada pela Dra. Mónica Albuquerque, bióloga e assessora de biodiversidade marinha na Estrutura de Missão para Extensão da Plataforma Continental (EMEPC).

Na avaliação da atividade, os estudantes consideraram ter sido uma mais-valia para ampliar a sua literacia científica, nomeadamente no que se refere à literacia dos oceanos.

#aepombal#escolaazul

#DiadoMar

Estefânia Pires (Programa “Escola Azul”)

Dia Mundial dos Animais


De 6 a 12 de outubro, os docentes de Ciências Naturais do 2.º ciclo, as professoras Fátima Brandão e Fátima Marques, do Agrupamento de Escolas de Pombal, promoveram a comemoração do Dia Mundial do Animal. Os alunos foram sensibilizados para a necessidade de proteger os animais, bem como preservar todas as espécies, tendo sido convidados a ajudar a Associação de Defesa dos Animais de Pombal – Ajudanimal com diversos donativos.  Este ano, e devido à pandemia que estamos a enfrentar, os docentes dinamizadores solicitaram que os produtos oferecidos não fossem entregues na Escola, mas na Loja Solidária da Ajudanimal (próximo do Posto da GNR).

Foram recolhidos diversos tipos de alimentos para os animais, brinquedos, toalhetes, champôs, escovas, pipetas para pulgas e carraças, trelas, caminhas, mantinhas, cobertores, tapetes, ferramentas … Todos os envolvidos nesta ação solidária e a Ajudanimal agradecem a partilha e a colaboração de todos os alunos, encarregados de educação e restante comunidade educativa.

No decorrer dos dias em que a campanha se realizou, alguns alunos e professores usaram camisolas e máscaras com motivos de animais ou ainda fotografias dos seus animais domésticos. O Rafael Baltazar, do 5.º C, decorou de uma forma muito original e interessante a sua camisola.

Se pretender acompanhar a ação desta instituição local e/ou adotar um patudinho pode consultar a página oficial: https://www.facebook.com/ajudanimal.pombal

É importante referir que as campanhas solidárias não têm ocorrido, devido à pandemia de Covid-19, por isso as receitas têm decaído e a Associação mantém a sua ajuda aos patudinhos que aparecem quase diariamente a precisar de apoio.

Atenção! Não se esqueça que os animais de estimação precisam de cuidados e carinho, não são brinquedos.

A professora, Fátima Pessa

Dia Mundial da Saúde Mental


No âmbito das comemorações do Dia Mundial da Saúde Mental, que se celebra no dia 10 de outubro, os alunos do 3º e 4º ano da EB1 de Pelariga elaboram Mandalas de outono. Após saída ao meio para recolha de materiais na Natureza folhas variadas, bolotas, flores silvestres, galhos, etc), os alunos entusiasmados, colocaram mãos à obra. O resultado foi incrível e cada um criou uma verdadeira obra de arte.

As Mandalas trazem consciência, energia de Amor e Paz, estrutura, cura e sabedoria e uma harmoniosa relação entre o ser humano e o Universo, contribuindo para a Saúde mental de todos e do Todo!

 

3º e 4º ano – EB1 De Pelariga

Selos de qualidade Etwinning – 7.ºF, G e H e 9.º G


Durante o ano letivo de 2019/2020, os alunos das turmas F, G, H do 7º ano de escolaridade e a turma G do 9º ano foram desafiadas pela docente de Inglês a envolver-se em dois projetos Etwinning subordinados aos temas “Interculturalism” e “Environmental Education: What do we do and what should we do?”, respetivamente. As turmas abraçaram os projetos referidos com toda a garra e, apesar de ter havido necessidade de proceder a algumas alterações ao que inicialmente fora planificado, devido à situação pandémica com que nos deparamos, conseguiu-se levar a bom porto ambos os projetos.
Os alunos das turmas de 7º ano realizaram uma viagem virtual  pelos países parceiros, ficando a conhecer um pouco mais acerca da cultura dos mesmos, nomeadamente no que diz respeito a monumentos, gastronomia, tradições, entre outros aspetos. Os alunos do 9º ano tiveram a oportunidade de refletir sobre as suas práticas no que diz respeito ao ambiente, compararam as mesmas com as dos seus colegas parceiros e desenvolveram um conjunto de trabalhos (vídeos, cartazes, jogos,…) relacionados com questões associadas ao ambiente e a práticas sustentáveis.
 Parabenizo os alunos das turmas envolvidas pelo esforço encetado para concretizar as tarefas solicitadas, mesmo durante o período em que se viram confinados. Colhem-se agora os frutos do trabalho desenvolvido. A ambos os projetos foram atribuídos os Selos de Qualidade Etwinning. Relativamente ao projeto desenvolvido pelas turmas do 7º ano “foram destacados os seguintes aspetos: importância do conhecimento e da aceitação da diversidade de povos e culturas, desenvolvimento das competências da língua inglesa e das TIC e o trabalho comum, the tourist guide.” No que diz respeito ao projeto desenvolvido pela turma do 9º ano foi referido que “O tema é atual e pertinente e está muito bem estruturado. Ao longo do projeto eTwinning foi notado o empenho e participação de alunos e professores e existiu integração curricular. É evidente a comunicação entre os parceiros e a disseminação do projeto. Parabéns por recorrer a um conjunto variado de ferramentas da Web 2.0.”
Este ano estamos todos de parabéns! Para o ano há mais!
Patrícia Rebelo

Projeto eTwinning – prémios no âmbito da disciplina de Espanhol


É com muito orgulho que partilhamos mais 3 prémios conquistados pelos alunos de Espanhol da professora Carla Silva, no âmbito do projeto eTwinning. Este projeto disponibiliza uma plataforma para que todos os profissionais da educação que trabalham em escolas dos países europeus envolvidos possam comunicar, colaborar, desenvolver projetos e partilhar conhecimentos e saberes.

Este ano, os alunos dos 7ºF, 7ºG, 8ºB e 12º anos envolveram-se, com muita responsabilidade, nos projetos que lhes foram propostos. São sempre aulas diferentes em que os alunos trabalham em colaboração com os parceiros, mas este ano atípico faz com que tenhamos de felicitar a dobrar o envolvimento de todos. Os produtos finais foram desenvolvidos em tempo de confinamento, à distância, seguindo as orientações da professora, sem qualquer apoio físico.

Parabéns a todos, pois é sem dúvida um orgulho levar o nome do nosso Agrupamento para além fronteiras, graças ao empenho comum!

Atividades Eco-Escolas 2019-2020 na EB de Louriçal


As coordenadoras do programa Eco-Escolas da EB de Louriçal apresentam as atividades desenvolvidas ao longo do ano letivo 2019-2020, com agradecimentos à Eng.ª Ana Catarina Soares e à Câmara Municipal de Pombal, pelo precioso acompanhamento e apoio prestados, à junta de freguesia do Louriçal e a toda a comunidade escolar, que se envolveram no desenvolvimento deste programa com muito empenho e dedicação por um melhor ambiente.

Veja o vídeo aqui…